Desenvolver um raciocínio clínico eficiente, que contemple uma compreensão clara e estruturada do funcionamento de cada paciente e que fundamente assertivamente as intervenções é o desejo de grande parte dos terapeutas, afinal, resultados relevantes dependem disso.

Na experiência profissional das autoras, utilizar a TE como base para construir um raciocínio clínico eficiente, foi um grande divisor de águas. Para elas, o sentimento de estar perdida ou confusa sobre os casos clínicos foi substituído por um passo a passo claro, em que é possível avaliar as necessidades do paciente e as causas de suas queixas. Além disso, a utilização da TE fornece uma estrutura de tratamento que permite constantemente avaliar o ponto de partida, o momento atual e objetivo que se quer alcançar.

Existem inúmeras técnicas e estratégias de intervenção disponíveis dentro da terapia do esquema, mas para aplicá-las de forma coerente e efetiva, é necessário um raciocínio clínico adequado. Assim, com o objetivo de guiar o terapeuta para o desenvolvimento dos aspectos centrais necessários no raciocínio clínico e considerando necessidades e repertórios específicos de cada paciente, surge este material.

De maneira lúdica e interativa, o jogo Raciocínio clínico em terapia do esquema, dispõe de cartões que orientam o terapeuta acerca da avaliação e intervenção considerando o domínio de necessidades emocionais, esquemas iniciais desadaptativos, esquemas iniciais adaptativos e modos de funcionamento, bem como, a forma com que estes são despertados na relação terapêutica e as posturas assertivas que devem ser adotadas pelo psicólogo(a).

Também foram elaboradas cartas que alertam sobre erros comuns e cuidados importantes para evitá-los. Além de contar com uma parte voltada para autoterapia dos clínicos. Por fim, o jogo testa os conhecimentos que foram adquiridos ao longo de seu uso por meio das cartas ‘Desafio’.

 

    • Encontre por Idade: Para Profissionais

AUTORAS

Natanna Taynara Schütz

Psicóloga. Mestra em Saúde e Desenvolvimento Psicológico pela Universidade Federal de Santa Catarina. Atua em consultório particular com atendimentos dentro da linha das psicoterapias cognitivo-comportamentais de terceira onda. Docente em cursos de especialização. Autora e organizadora de livros e materiais terapêuticos na área de psicologia. Também atua com supervisões de atendimentos clínicos. Idealizadora do www.mudese.com.br

Rafaela Petroli Frizzo

Psicóloga, supervisora e professora convidada para cursos de especialização e formação em terapia do esquema em todo Brasil. Coordenadora do primeiro curso do Brasil de Formação em Relação Terapêutica, Supervisão e Autoterapia. Coordenadora do curso de Formação em Supervisão Clínica, ambos em parceria com a Wainer. Certificação avançada em Terapia do Esquema pela ISST, mestre em Psicologia Clínica pela Unisinos, formação em Terapia do Esquema pela Wainer Psicologia Cognitiva.

DADOS TÉCNICOS

ISBN: 978-65-8457-640-7

Formato: 12x4x16 cm

Contém: 16 pág (manual) 100 cartas

1 cartão grande

Principais elementos norteadores da relação terapêutica que devem ser observados no raciocínio clínico.

1 cartão grande

Explicando as necessidades emocionais dos pacientes na relação terapêutica e orientações de como fazer reparentalização limitada para cada domínio de necessidades emocionais.

5 cartões grandes

1 cartão para cada esquema, evidenciando o que cada um deles desperta dentro da relação terapêutica no terapeuta e orientações de como fazer a reparentalização limitada para cada esquema.

2 cartões grandes

O que os modos esquemáticos de funcionamento despertam na relação terapêutica e orientações de como conduzir cada modo de funcionamento nas sessões.

1 cartão grande

Como agir na relação terapêutica para fortalecer os esquemas iniciais adaptativos do paciente e usá-los como ferramentas nas mudanças necessárias.

2 cartões grandes

Erros mais comuns na relação terapêutica e orientações para evitá-los.

1 cartão grande

Autocuidado para os esquemas e necessidades do terapeuta.

11 cartões médios com sinais de alerta no raciocínio e prática clínica.

 

Grupo Desafio

6 cartas com situações práticas do contexto clínico.

 

18 cartas com perfis de pacientes, cada um representando alguma ativação esquemática.

 

18 cartões médios com reparentalizações limitadas para as seis situações elencadas

 

Peso: 189g.

Ano: 2023

Comentários

Este produto ainda não foi avaliado. Seja o primeiro a comentar.

Todos os comentários